Pesquisar
Close this search box.

Economize até 35% na conta
de energia da sua empresa.

FOTO 6

ONS: Reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste podem encerrar janeiro com 68,6% de energia armazenada

Autor:
ONS

Comportamento da carga no subsistema Norte apresenta tendência de expansão de 14,5% 

O boletim do Programa Mensal de Operação (PMO), referente aos dias 7 a 13 de janeiro, indica que as projeções de Energia Armazenada (EAR) para o último dia deste mês nos quatro subsistemas estão, pela segunda semana consecutiva, acima de 60%. O destaque é o Sudeste/Centro-Oeste, cuja estimativa é chegar em 31 de janeiro com 68,6%, patamar superior ao divulgado na semana anterior (65,2%). Se a projeção se confirmar, seria o percentual de EAR mais elevado na região, para o mês de janeiro, desde 2012 (76,1%). Os cenários prospectivos para os demais submercados são: 81% no Sul, 72,9% para o Nordeste e o Norte com 70,1%.

Na análise das projeções de carga, o subsistema Norte segue apresentando expansão: 14,5% (6.547 MWmed). O comportamento é explicado pela retomada gradual de consumidor livre da região, que vem ocorrendo ao longo dos últimos meses. Para o Nordeste, a estimativa também é de crescimento: 1,7% (11.438 MWmed). O Sistema Interligado Nacional (SIN) e os demais subsistemas apresentam uma perspectiva de retração na carga. Para o SIN, a redução é estimada em 0,8% (71.630 MWmed). O Sudeste/Centro-Oeste e o Sul têm queda projetada em 1,7% (40.769 MWmed) e 6,5% (12.876 MWmed), respectivamente. Todos os dados apresentados comparam as estimativas para o final de janeiro de 2023 e de 2022.

É a segunda semana consecutiva na qual a estimativa de Energia Natural Afluente (ENA) de três subsistemas, ao final de janeiro de 2023, é superior a 100% da Média de Longo Termo (MLT). O Sudeste/Centro-Oeste, onde se localizam cerca de 70% dos reservatórios do Sistema Interligado Nacional (SIN), tem ENA projetada em 119% da MLT, ante a previsão de 116% divulgada no período anterior. O subsistema Norte segue apresentando a estimativa mais elevada: 163% da MLT (157% da MLT na passada). O Nordeste tem projeção de ENA em 107% da MLT (104% na anterior). A previsão para o Sul é de 72% da MLT, patamar inferior à projeção passada (83% da MLT). Os dados indicam um regime de chuvas compatível com o período úmido.

O Custo Marginal de Operação (CMO) tem valor zerado pela terceira semana consecutiva e segue equalizado em todo o País.

LINK PARA MATÉRIA

Compartilhar no:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

16 de junho de 2024