Pesquisar
Close this search box.

Economize até 35% na conta
de energia da sua empresa.

IMAGEM

Investimentos gerados por energia solar poderão ultrapassar os R$ 38,9 bilhões em 2024

Autor:
Michele Rios / Canal Energia

Setor fotovoltaico deverá gerar mais de 281,6 mil novos empregos e proporcionar uma arrecadação de mais de R$ 11,7 bilhões aos cofres públicos

A Absolar divulgou nesta terça-feira, 05 de dezembro, que novos investimentos gerados pelo setor fotovoltaico poderão ultrapassar a cifra de R$ 38,9 bilhões no próximo ano. Segundo a avaliação da Associação, a fonte solar fotovoltaica deverá gerar mais de 281,6 mil novos empregos no próximo ano, espalhados por todas as regiões do Brasil, além de proporcionar uma arrecadação extra de mais de R$ 11,7 bilhões aos cofres públicos.

Ainda segundo a projeção, em 2024, serão adicionados mais de 9,3 gigawatts (GW) de potência instalada, chegando a um total acumulado de mais de 45,5 GW, o equivalente a mais de três usinas de Itaipu e que representam um crescimento de mais de 26% sobre a potência solar atual do País (hoje em 36,1 GW).

De acordo com o CEO da Absolar, Rodrigo Sauaia, o Brasil caminha para se tornar uma grande liderança mundial no setor fotovoltaico, cada vez mais estratégico no mundo. “O crescimento da energia solar fortalece a sustentabilidade, alivia o orçamento das famílias e amplia a competitividade dos setores produtivos brasileiros, fatores cruciais para alavancar a economia nacional e para o cumprimento dos compromissos ambientais assumidos pelo País”, disse durante o Encontro Nacional Absolar.

Dos 45,5 GW acumulados para o final de 2024, 31 GW serão provenientes de pequenos e médios sistemas instalados pelos consumidores nas residências, pequenos negócios, propriedades rurais e prédios públicos, que representarão 68% do total acumulado da fonte, enquanto 14,4 GW estarão em grandes usinas solares, que representarão 32% do total acumulado.

O CEO da associação afirmou que 2023 foi um ano muito desafiador. “Mas apesar disso tivemos um ano de grandes resultados para o setor e 2024 será de grandes transformações, nós temos no horizonte tanto em aspectos econômicos políticos setoriais e desafios uma série de novos fatores entrando. A fonte solar fotovoltaica continuará sendo um grande motor da economia brasileira de fato”, ressaltou. Ele ainda destacou que já foram adicionados 9,5 GW e cerca de 34,9 GW acumulados até novembro de 2023.

LINK PARA MATÉRIA

Compartilhar no:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

16 de junho de 2024