Pesquisar
Close this search box.

Economize até 35% na conta
de energia da sua empresa.

IMAGEM

ONS: RESERVATÓRIOS DEVEM TERMINAR PERÍODO SECO COM MELHOR RESULTADO DESDE 2000

Autor:
ONS

Operador apresentou os cenários para os próximos seis meses na reunião do CMSE

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) apresentou, durante reunião de maio do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), as projeções gerais para os próximos seis meses e os resultados da operação referentes a abril de 2023. Os indicadores são favoráveis, mantendo o padrão verificado nas reuniões anteriores do CMSE. Os dados são reflexos da coordenação correta do Operador, junto com os demais gestores do setor elétrico brasileiro, associado a um período chuvoso favorável nos reservatórios que atendem o Sistema Interligado Nacional (SIN). De acordo com os estudos prospectivos do ONS, o percentual de Energia Armazenada (EAR) até o final do próximo período seco pode ser inédito ao já alcançado.

As indicações de EAR no Sudeste/Centro-Oeste para o final de outubro de 2023 estão entre 73,4%, no cenário inferior, e 88%, no superior. Mesmo que se confirme a estimativa mais baixa, será a melhor EAR para o subsistema ao final do mês de outubro em toda a série histórica, iniciada em 2000. O SIN apresenta uma projeção similar, com a possibilidade de atingimento do patamar mais alto de EAR ao final de outubro do histórico, com as perspectivas variando entre 70,4% e 81,6%.

As condições de afluência no período maio a outubro de 2023 apontam que a Energia Natural Afluente (ENA) no SIN deverá alcançar entre 92% e 122% da Média de Longo Termo (MLT). O limite superior, se confirmado, seria o melhor patamar de ENA para o SIN nos últimos 11 anos, considerando os meses analisados.

O Custo Marginal de Operação (CMO) deve se manter com valor zerado em todos os submercados ao longo do mês de maio, assim como o despacho de usinas térmicas ficará restrito aos casos de inflexibilidade, ou seja, aquelas obrigatórias por contrato.

LINK PARA MATÉRA

Compartilhar no:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

16 de fevereiro de 2024