Pesquisar
Close this search box.

Economize até 35% na conta
de energia da sua empresa.

foto

ONS ESTIMA ACELERAÇÃO NA DEMANDA DE CARGA NO SIN E EM TODOS OS SUBSISTEMAS

Autor:

Elevadas temperaturas estão entre as razões para o aumento da previsão

O boletim do Programa Mensal de Operação (PMO), referente à semana operativa entre os dias 16 a 22 de março, indica que a demanda de carga no Sistema Interligado Nacional (SIN) e em todos os subsistemas deve acelerar. A previsão de temperaturas elevadas para os próximos dias está entre a principal justificativa para esse comportamento. Os percentuais de avanço são superiores àqueles indicados na revisão anterior. O SIN deve registrar expansão de 5,7% (83.965 MWmed). Entre os submercados, o maior crescimento é estimado para o Nordeste, 8,8% (13.506 MWmed), seguido pelo Norte, 8,5% (7.483 MWmed). As projeções para o Sudeste/Centro-Oeste e para o Sul são de 5,8% (48.163 MWmed) e 1,5% (14.813 MWmed), respectivamente. Os números são comparações entre as perspectivas de março de 2024 e o mesmo período de 2023.

Os percentuais esperados de Energia Armazenada (EAR) para o último dia do mês seguem estáveis, com todos os subsistemas devendo chegar em patamares superiores a 60%. O indicador mais elevado pode ser registrado no Norte com 95% (ante 96% indicados na última semana), seguido pelo Nordeste com 70,8% (71,7%), pelo subsistema Sul com 67,8% (64,3%) e pelo Sudeste/Centro-Oeste com 66,8% (65,8%).

As condições favoráveis dos reservatórios são reflexo do trabalho do ONS em administrar corretamente os recursos, em especial diante das projeções para Energia Natural Afluente (ENA), que seguem inferiores à média histórica para o atual período tipicamente úmido.

A ENA projetada para 31 de março está acima da média apenas no subsistema Sul, 142% da Média de Longo Termo (MLT), mantendo um comportamento observado nas primeiras revisões para o mês. Com relação às demais regiões, as perspectivas são mais elevadas no Norte, com 85% da MLT, no Sudeste/Centro-Oeste, 64% da MLT, e finalizando com o Nordeste, 58% da MLT.

O Custo Marginal de Operação (CMO) está em R$ 0,03, valor inferior àquele da semana anterior, nos quatro subsistemas

LINK PARA MATÉRIA

Compartilhar no:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

27 de março de 2024