Pesquisar
Close this search box.

Economize até 35% na conta
de energia da sua empresa.

foto 3

Consulta dá largada no mercado de gás biometano em Minas

Autor:
Marcílio de Moraes / Estado de Minas

Atualmente, o consumo de gás em Minas, segundo a Gasmig, chega a 2,5 milhões de metros cúbicos/dia para indústrias, residências e comércios

Usina de biometano em Fortaleza é uma das seis em operação no Brasil atualmente. Minas incentiva usinas – (crédito: Ecometano/Divulgação)

A Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig), em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), deu o primeiro passo para viabilizar o mercado de biometano no estado. Está aberta, de 22 de novembro a 22 de dezembro, a primeira chamada para empresas fornecedoras de biometano, combustível 100% renovável que reduz em 99,9% das emissões de gases de efeito estufa, substituindo o gás natural e o óleo diesel.

Atualmente, o consumo de gás em Minas, segundo a Gasmig, chega a 2,5 milhões de metros cúbicos/dia para indústrias, residências e comércios. A empresa está investindo R$ 780 milhões para construção de um gasoduto ligando Betim a Divinópolis, que deve adicionar cerca de 240 mil metros cúbicos/dia à demanda a partir de 2025.

Na consulta pública, segundo a Gasmig, as empresas interessadas devem informar o volume e o preço do gás a ser entregue de forma interligada pela unidade de produção no estado ou em pontos de entrega de Barbacena, Betim II, Brumadinho, Juiz de Fora, São Brás do Suaçuí II e Jacutinga.


“Esse é um primeiro passo para formar o mercado”, diz o consultor de Mercado de Energia da Fiemg, Sérgio Pataca. De acordo com ele, o processo que ocorreu com a energia solar deve se repetir com o biometano. O estudo “Propostas de Políticas para fomento ao biogás em Minas Gerais”, apresentado no ano passado pela Fiemg, mostra que o território mineiro pode gerar 1.3 bilhão de metros cúbicos normal (Nm³) de biometano por ano.

“Se usar todo esse potencial se pode substituir mais de 60% do gás natural usado na indústria”, avalia Sérgio Pataca. Atualmente, há seis plantas de biometano autorizadas a operar no país, com produção média de 195 mil metros cúbicos por dia do combustível obtido a partir de aterros sanitários e de resíduos agrícolas e industriais.

“Se você tem dinheiro, faça a sua usina (fotovoltaica), porque ela te dá um retorno em três anos e meio, quatro, no máximo. Depois, vai gerar uma renda mensal. Faça, é um ótimo negócio”

Walter Fróes, presidente da CMU Comercializadora de Energia

Hotel novo

Sem funcionar há três anos, o antigo América Palace Hotel de Uberlândia recebeu investimentos de R$ 3,5 milhões para sua modernização e foi reinaugurado este mês como Days Inn by Wyndham, numa parceria entre a Trul Hotéis, rede de hotelaria mineira, e a Wyndham Hotels & Resorts, maior franquia de hotéis do mundo. Com 72 apartamentos, distribuídos por seis andares, o hotel está a 8 quilômetros do aeroporto da cidade. “Esse é o primeiro hotel da Wyndham em Uberlândia, então, nosso trabalho será o de tornar a marca conhecida na cidade e consolidar serviços de acomodação, tornando o hotel um sinônimo de hospedagens de curta duração e para aqueles que viajam a negócios”, diz a vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios da Wyndham Hotels & Resorts para a América Latina, Maria Carolina Pinheiro.

Aposta em BH

Com a meta de chegar a uma carteira de R$ 2 bilhões sob sua assessoria até 2024, a ALL Investimentos acaba de inaugurar a primeira unidade em Belo Horizonte, com uma equipe de 10 assessores especializados no atendimento “private” aos belo-horizontinos. A ALL chega à capital mineira já com R$ 500 milhões sob sua custódia de investimentos dos mineiros. Para o ano que vem, a empresa planeja contratar mais 10 assessores, dobrando o time para atender a clientes que tenham a partir de R$ 300 mil para investir. A empresa já conta com uma unidade em Juiz de Fora.

Para desenvolver

Com a abertura de 612 empresas entre 2021 e 2023, a Prefeitura de Itatiaiuçu está usando sua capacidade de compras para fomentar as empresas da cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Com compras da ordem de R$ 65 milhões por ano, entre serviços e produtos, a prefeitura, em parceria com o Sebrae-MG e a Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg), criou a Sala Mineira do Empreendedor e o Programa Municipal de Compras Governamentais. Em seis meses, a sala já realizou 537 atendimentos e o programa promoveu oito cursos com a participação de cerca de 100 empresários locais. “É um incentivo para empreendedores aqui instalados acreditarem no potencial de geração de negócios da nossa cidade”, afirma o secretário de Planejamento de Governo e Desenvolvimento Econômico de Itatiaiuçu, Afrânio Danilo Duarte.

Câmbio forte

Especializada na intermediação de operações de câmbio, a Vermont Corporate foi comprada pela One, empresa de soluções financeiras para pessoas físicas e jurídicas ligada ao BTG Pactual. A expectativa do acordo é que as operações cambiais da One cheguem a R$ 1 bilhão transacionados nos próximos 12 meses. “A compra da Vermont Corporate é um movimento que damos em direção à diversificação do nosso portfólio, traduzido em ganhos aos nossos clientes. Nossa mesa de câmbio, criada no fim do ano passado, ganha mais robustez”, diz André Rosa, CEO da One, empresa que tem sob sua assessoria R$ 7 bilhões em investimentos.

US$ 1 bilhão

É o investimento que a EuroChen realiza no Complexo da Serra do Salitre, em Minas, para produção de fertilizantes fosfatados a partir de 2024

LINK PARA MATÉRIA

Compartilhar no:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

16 de junho de 2024