cyber-3400789_1920

Seminário Invest in Minas debate as potencialidades do estado

Autor:
Fiemg

Seminário Invest in Minas, realizado pelo Centro Internacional de Negócios (CIN), dentro da programação da 16ª Conferência ANPEI de Inovação, que acontece na FINIT, reuniu no dia 31/10, no Expominas, em Belo Horizonte, empresários e especialistas para apresentar as potencialidades da indústria mineira para receber investimentos em inovação e tecnologia. 

O SIMCenter, primeiro Centro de Excelência em Simulação Veicular na América Latina, foi apresentado por Toshizaemom Noce, representante da Latam Fiat Chrysler Automobiles. Primeiro em sua categoria instalado em uma universidade, o SIMCenter foi inaugurado em outubro no Campus do Coração Eucarístico da PUC Minas, com investimentos resultantes da política de incentivo do Inovar-Auto e apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “É um projeto de R$ 18 milhões que a princípio enfrentou resistência justamente por ter o perfil de inovação aberta. A cada ano recebemos mais pessoas, que nos procuram para entrar nesse ecossistema de inovação, que geram muitas conexões”, diz. 

O CEO da Csem Brasil, Tiago Maranhão, falou sobre a SUNEW, inaugurada em novembro de 2015, com o compromisso de mudar os paradigmas da indústria de energia solar, a partir da convergência de esforços do CSEM Brasil, FIR Capital, BNDES, Tradener e CMU para conceber a maior infraestrutura do mundo para a produção de Filmes Fotovoltaicos Orgânicos, conhecidos como OPV (Organic Photovoltaics). 

A empresa é 100% brasileira e conta com a parceria da FIEMG, FAPEMIG e do Governo de Minas Gerais. “No estado temos claras vantagens de custo, grande qualidade de mão-de-obra e um contexto de articulação institucional favorável. Aqui se conversa mais e encontramos denominadores comuns”, ressalta.  

O terceiro case apresentado foi o FIEMG Lab, pelo superintendente de Desenvolvimento de Novos Negócios, Fábio Veras. O programa de aceleração é resultado da parceria do Sistema FIEMG com a Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), Sebrae Minas, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), Confederação Nacional da Indústria (CNI), SENAI e Grupo BMG, para abrigar empresas de base tecnológica, startups e spin-offs corporativas e propõe a transformação de tecnologia em negócio ao criar a conexão entre os universos da Indústria e das startups. “Do total de negócios participantes, 73 são startups, 10 spinoffs corporativas e 17 spinoffs acadêmicas vindas de várias regiões de Minas Gerais”, afirma. 

Para ele, o alinhamento entre o atual modelo de negócios e o modelo tecnológico ultrapassa a inovação. “A indústria será o setor mais rapidamente afetado pelas novas tecnologias. O atual modelo industrial precisa abraçar a cultura das startups para continuar competitivo. Esse é o desafio e quem lidar melhor com ele, terá vantagens”, aponta. 

Minas Gerais – O Estado tem um ambiente de inovação e tecnologia consolidado. Com 20,8 milhões de habitantes e aproximadamente 10% do PIB brasileiro, conta com 11% dos empregos da indústria brasileira. 

O estado conta com uma relevante concentração de universidades federais do país: 11 universidades federais (entre elas a UFMG e as universidades de Viçosa e de Itajubá), 45 universidades privadas, duas universidades estatais e a melhor escola de negócios da América Latina, a Fundação Dom Cabral. Belo Horizonte é considerada, pela Bloomberg, uma das melhores capitais para se viver e investir.  

Também está no estado o Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG (CIT), a Fundação Dom Cabral, a Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), a unidade do Google em BH, o Centro de Engenharia e Tecnologia da Embraer (instalado no CIT SENAI FIEMG – Campus Cetec) e os polos de inovação e tecnologia em Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas, e aqui mesmo em BH – o São Pedro Valley.

LINK PARA A MATÉRIA

Compartilhar no:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *