imagem

Prêmio “As 100+ Inovadoras no Uso de TI” reconhece projeto de medição da CCEE

Autor:
CCEE

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE é uma das três organizações do segmento de Utilities mais inovadoras no Uso de TI, de acordo com ranking anunciado na semana passada pela IT Mídia. Realizado em parceria com a PwC, o prêmio reconhece os executivos responsáveis por iniciativas de transformação digital que impactaram os negócios de suas corporações no último ano.

O Gerente Executivo de Arquitetura de Sistemas, Dario Almeida, foi selecionado por conta do projeto de Coleta Centralizada de Medição de Energia por meio da Plataforma de Integração. A solução complementa os mecanismos existentes e ajudará as distribuidoras a reduzirem custos operacionais associados à gestão da medição, especialmente no contexto de ampliação da abertura do mercado e da maior migração de consumidores para o ambiente de contratação livre – ACL.

“As distribuidoras que possuem sistemas separados de medição para os ambientes livre e regulado terão a oportunidade, no futuro, de unificar suas plataformas e minimizar a necessidade de intervenções em campo. A adoção do novo mecanismo de coleta centralizada é um passo importante nessa direção”, destaca Almeida.

Como cada empresa de distribuição utiliza plataformas tecnológicas diferentes, a equipe da Câmara de Comercialização realizou reuniões de alinhamento com os futuros usuários do serviço para entender as suas necessidades e contou com a sua colaboração na definição do serviço. A aproximação foi necessária para o desenvolvimento de uma ferramenta compatível com as demandas do mercado.

Ainda neste mês, a organização fará um encontro com seus agentes para detalhar a solução e apresentar o funcionamento do novo mecanismo.

“Este é o sétimo ano seguido em que a CCEE integra a premiação, o que confirma que nossos investimentos em inovação são parte de uma estratégia de base. Estamos moldando a cultura da organização para atingirmos um modo de pensar inovador dos colaboradores, além da busca por tecnologias cada vez mais aderentes aos desejos dos agentes”, reforça Almeida.

Neste ano, o prêmio “A 100+ Inovadoras” recebeu 241 inscrições. Dessa lista, cem projetos foram classificados como finalistas. A edição de 2020 também trouxe uma novidade ao reconhecer o impacto da inovação em projetos sociais, com menção honrosa.

LINK PARA MATÉRIA

Compartilhar no:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *