Pesquisar
Close this search box.

Economize até 35% na conta
de energia da sua empresa.

foto

Maquete de projeto inovador de armazenamento de energia em baterias é apresentada na ANEEL

Autor:
ANEEL

Apresentação foi feita durante visita institucional de representantes da ISA CTEEP, na manhã de hoje (19/4). A maquete mostra o primeiro projeto de armazenamento de energia em baterias em larga escala no sistema de transmissão brasileiro, inaugurado no mês passado

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) recebeu nesta quarta-feira (19/04) representantes da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (ISA CTEEP) em um encontro onde foi apresentada a maquete do primeiro projeto de armazenamento de energia em baterias em larga escala no sistema de transmissão brasileiro, recém-energizado na subestação Registro (SP). Estiveram presentes representando a ANEEL o diretor-geral Sandoval Feitosa, o diretor Hélvio Guerra e o Superintendente de Concessões de Transmissão e Distribuição da ANEEL, Ivo Sechi Nazareno.

No início do encontro, realizado na Plenária da Agência, o diretor Hélvio Guerra destacou a importância da iniciativa. “É um piloto importante para o Brasil, especialmente pelo crescimento das energias renováveis no País. Nós temos hoje uma capacidade instalada elevada de eólicas e fotovoltaicas que estão crescendo. Então essa experiência que a ISA CTEEP traz e implanta no Brasil é muito importante, os resultados que vocês encontrarem ali podem ser utilizados como uma solução da intermitência das fontes renováveis”, declarou o diretor.

Planejado para atuar como um reforço à rede elétrica, o projeto da ISA CTEEP conta com 30 MW de potência, capazes de entregar 60 MWh de energia por duas horas. O sistema de baterias tem a finalidade de evitar interrupções no fornecimento de energia elétrica, beneficiando cerca de 2 milhões de consumidores no litoral Sul do estado de São Paulo em momentos de pico.

Também estiveram presentes no encontro o CEO da ISA CTEEP, Rui Chammas e assessores da diretoria. Durante as declarações finais, o diretor-geral Sandoval Feitosa agradeceu o investimento feito pela empresa estrangeira no projeto, o que também reforça o desenvolvimento social e econômico do Brasil. “Nós estamos sendo veículo de uma política pública que tem sido feita ao longo desses 25 anos, que tem contado com a participação na criação desse caminho de desenvolvimento ao nosso País.”, finalizou o diretor-geral da Agência.

Ao fim dos pronunciamentos, os presentes retiraram a faixa da maquete, apresentando o projeto inovador no sistema de transmissão brasileiro. Para a operação do sistema a ANEEL definiu, por meio da Resolução Autorizativa 10.892/2021, a Receita Anual Permitida (RAP) de R$ 27 milhões, e previsão de investimento na ordem de R$ 146 milhões.

LINK PARA MATÉRIA

Compartilhar no:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

16 de junho de 2024