Pesquisar
Close this search box.

Economize até 35% na conta
de energia da sua empresa.

foto 3

Eólica comemora 1 TW instalados globalmente

Autor:
Canal Energia

GWEC estima que próximo novo TW de capacidade deverá ser alcançado em menos de sete anos por conta da busca em descarbonizar a matriz elétrica do planeta

A indústria eólica celebrou nesta quinta-feira, 15 de junho, a marca histórica de 1 TW de capacidade instalada global. Segundo o Global Wind Energy Council, esse momento demorou mais de quarenta anos para ser alcançado. Contudo, a previsão é de que esse volume seja novamente verificado em menos de sete anos.

Para a entidade, este marco coloca em foco o papel fundamental que a energia eólica está desempenhando na descarbonização do sistema de energia global e ajudando o mundo a atingir suas metas climáticas e energéticas.

De acordo com os dados do GWEC, projetos de energia eólica concluídos recentemente na China, EUA, Marrocos e Europa elevaram a capacidade além do patamar que comemora.

A entidade, que é a parceira do Grupo CanalEnergia, by Informa Markets e Abeeólica no Brazil WindPower, que neste ano será realizado de 12 a 14 de setembro, em São Paulo, aponta que a disseminação e a diversidade desses projetos destacam o alcance global da moderna tecnologia eólica. “Esses empreendimentos se desenvolveram rapidamente nos últimos quarenta anos a partir dos primeiros designs inovadores desenvolvidos em jardins familiares por pioneiros e visionários como Henrik Stiesdal, que estabeleceu a base para a turbina eólica moderna – conhecida como “o conceito dinamarquês”, no final dos anos 1970”, destaca o GWEC.

Ben Backwell, CEO da entidade, classifica este como um momento enorme para a indústria eólica, de comemoração para o setor e para o mundo inteiro que mostra que o caminho para um futuro de energia limpa está nessa fonte. Ele lembra que a energia renovável deve estar no centro do esforço coletivo para net-zero, com a energia eólica – juntamente com a energia solar fotovoltaica e outras tecnologias de energia renovável – e que esta é a base sobre a qual nosso novo sistema de energia está sendo construído.

Em comunicado, a entidade atribui a ele a afirmação de que “as histórias dos primeiros pioneiros da energia eólica inspiraram uma geração de inovadores a transformar essas ideias iniciais em um pilar do sistema energético mundial, permitindo novas indústrias limpas e criando milhões de empregos limpos em todo o mundo. Também é hora de reconhecer uma nova geração de pioneiros que já estão impulsionando a próxima era da energia eólica. Construir para 2TW até 2030 e, eventualmente, para 8TW até 2050 exigirá colaboração e cooperação sem precedentes em todo o mundo e a criação de uma nova força de trabalho enorme e diversificada. No GWEC, estamos ansiosos para trabalhar com governos, empresas e comunidades em todo o mundo para tornar essa visão uma realidade”.

Para o recém eleito presidente do conselho do GWEC, Jonathan Cole, graças à ambição, engenhosidade e determinação de uma coalizão pioneira de inovadores, GWEC e suas empresas membros, é que em o marco histórico foi alcançado. E mais, que ainda representa apenas uma pequena parte do que deve ser construir nos próximos anos para descarbonizar o planeta.

Segundo ele, é necessário aumentar a capacidade eólica para atingir pelo menos 8 TW até meados do século para evitar uma catástrofe climática com impactos devastadores em comunidades e ecossistemas em todos os lugares. Destacou ainda que em todos os cenários, investir em energia eólica fornecerá energia limpa, confiável e acessível, aumentando a segurança do abastecimento e a estabilidade de preços e criando empregos sustentáveis.

LINK PARA MATÉRIA

Compartilhar no:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

2 de abril de 2024