Pesquisar
Close this search box.

Economize até 35% na conta
de energia da sua empresa.

imagem

Mercado livre: consumo de energia cresce 10,7% em 12 meses

Autor:
Canal Energia

Consumidores livres, que podem escolher o fornecedor e negociar preços, consumiram 26.959 MW médios

Dados do Boletim da Energia Livre, publicado pela Abraceel, apontou que o consumo de eletricidade no mercado livre de energia, ambiente onde fornecedores e consumidores negociam livremente preços, prazos e outras condições de contratação, cresceu 10,7% nos últimos 12 meses encerrados em fevereiro de 2023, quando atingiu 26.959 MW médios. Esse volume seria suficiente para abastecer todas as residências e todos os comércios no país em uma hipotética situação em que todos tivessem o direito de escolher o fornecedor.

O boletim mostra o panorama mensal atualizado do mercado livre de energia no Brasil com base nos indicadores mais recentes divulgados por diversas instituições e consultorias. Em termos de unidades consumidoras, o mercado livre de energia cresceu 17% nos últimos 12 meses encerrados em fevereiro, acumulando 4.609 novas unidades consumidoras no período. Com isso, o ambiente de contratação livre passou a somar 32.142 unidades consumidoras, agrupadas em 11.265 consumidores. Cada unidade consumidora equivale a um medidor de energia.

De acordo com a Abraceel, em fevereiro de 2023, o custo da energia, que é um dos componentes da tarifa elétrica, foi de R$ 278/MWh no mercado regulado e de R$ 100/MWh do mercado livre, uma diferença de 64%. O boletim destacou ainda que o mercado livre se consolidou como indutor das energias renováveis, absorvendo 92% da energia gerada por usinas a biomassa, 57% por PCH, 47% por eólicas e 53% por solares centralizadas. Com isso, o mercado livre absorveu 53% da geração de energia consolidada de fontes renováveis incentivadas, aumento de 41% nos últimos 12 meses.

LINK PARA MATÉRIA

Compartilhar no:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

3 de julho de 2024