Pesquisar
Close this search box.

Economize até 35% na conta
de energia da sua empresa.

energia-eletrica-eletricidade-1-848x477-2

Laboratório do Cepel abre perspectiva para transmissão em 1000 kVca

Autor:

Unidade de Ultra Alta Tensão concluiu preparação de uma fonte de tensão em configuração trifásica e capacidade de gerar tensões em corrente alternada de até 1300 kV

O Laboratório de Ultra Alta Tensão do Cepel, localizado em Adrianópolis (RJ), concluiu a preparação de uma fonte de tensão montada em uma configuração trifásica, com capacidade de gerar tensões em corrente alternada (CA) de até 1300 kV. O feito aconteceu como parte de validação dos resultados de estudos de simulações e modelagens no escopo do projeto de P&D patrocinado pela State Grid Brazil Holding, sendo considerado um marco inédito para projetos de transmissão em longas distâncias no Brasil, que passa a contar com a fonte de maior capacidade de gerar tensão em laboratório disponível no Ocidente.

Segundo o Centro, a unidade conta com uma estrutura de fontes para geração de tensões em corrente contínua (CC), em CA e impulsos de tensão, possibilitando realizar ensaios em equipamentos da classe ultra alta tensão até 1200 kVca e 1000 kVcc. A nova fonte é modular e composta por três conjuntos de transformadores e reatores de 750 kV cada um. Além desta, o Laboratório conta com fonte para gerar até ±1600 kVcc e dois geradores de impulso de tensão, um com capacidade nominal de 6,4 MV e outro de 2,0 MV, para ensaios que envolvem avaliação de suportabilidade a sobretensões de manobra ou de origem atmosférica.

Para a entidade, o recorde obtido abre caminhos para realização de ensaios e projetos de pesquisa que aperfeiçoem a infraestrutura, os procedimentos e equipamentos do sistema elétrico brasileiro que já operam nesta classe de tensão, como são os casos dos sistemas já existentes em ±800 kVcc, ou projetos de pesquisa para viabilizar novos sistemas, vide esta iniciativa em curso para a perspectiva de transmissão em 1000 kVca.

LINK PARA MATÉRIA

Compartilhar no:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

3 de julho de 2024