Pesquisar
Close this search box.

Economize até 35% na conta
de energia da sua empresa.

Visita ao Diário do Comércio

Crédito: Leonardo Morais

O Diário do Comércio recebeu ontem a visita do CEO da CMU Energia, Walter Fróes. O empresário foi recebido pela presidente do jornal, Adriana Muls, e pelo diretor executivo Yvan Muls. Entre as pautas discutidas no encontro, destacam-se o mercado livre de energia, a expansão da geração de energia solar e as energias renováveis.

Seminário de Energias Renováveis

O Sistema Ocemg reconhece os benefícios gerados pelas fontes renováveis e compartilha da preocupação mundial sobre as mudanças climáticas, assim como entende o papel do cooperativismo no atingimento de pautas referentes aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Neste contexto, o Sistema Ocemg  realiza o Seminário de Energias Renováveis para apresentar o panorama e perspectivas futuras sobre as energias renováveis no Brasil e no mundo. O evento será realizado no dia 5 de setembro, de 8h30 às 17h30, no The One Business Center (avenida Raja Gabaglia, 1.143, Luxemburgo). Estão disponíveis 250 vagas. Os palestrantes serão Fábio Rosa, engenheiro Agrônomo, especializado em acesso e uso de energia renovável para promoção de desenvolvimento rural e geração de renda em propriedades rurais; Pedro Sena, superintendente de Política Minerária, Energética e Logística na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede); e a jornalista Giuliana Morrone.

LINK PARA MATÉRIA

Geração de fontes renováveis foi destaque no mês de maio

Crescimento das fontes solar e eólica é reflexo de várias medidas adotadas pelo Governo Federal, demonstrando compromisso com a sustentabilidade

Nos cinco primeiros meses do ano, o Brasil teve um aumento de 69% na geração de energia elétrica solar e de 23% na eólica, em comparação com o mesmo período de 2022. Este dado foi publicado, nesta quinta-feira (31/08), no Boletim Mensal de Energia elaborado pelo Ministério de Minas e Energia (MME).

De janeiro a maio de 2023, entraram em operação 2.035,2 Megawatt (MW) de capacidade instalada de energia solar centralizada e 2.008,8 MW de usinas eólicas. Para a solar centralizada, entrou em operação uma capacidade cinco vezes maior do que entrou no mesmo período ano passado. Na eólica, o volume foi cerca de duas vezes acima.

O crescimento das fontes solar e eólica é reflexo de várias medidas adotadas pelo Governo Federal e pelo Congresso Nacional, que têm demonstrado compromisso com a sustentabilidade na produção de energia. Ainda de acordo com a publicação, houve um aumento também na produção de biodiesel em 9,2% no acumulado do ano.

BOLETIM DE ENERGIA

O Boletim Mensal de Energia é um produto do Departamento de Informações, Estudos e Eficiência Energética (DIEE), da Secretaria Nacional de Transição Energética e Planejamento do Ministério de Minas e Energia (MME).

LINK PARA MATÉRIA

CCEE e Dcide firmam parceria e divulgarão curva de preços futura para o monitoramento prudencial

Memorando de Entendimentos assinado pelas organizações visa ampliar a transparência dos futuros processos de monitoramento do mercado

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE e a Dcide firmaram uma parceria que irá ampliar a circulação de informações estratégicas no mercado e fortalecer a segurança das operações. As organizações assinaram um Memorando de Entendimentos que permite a divulgação para todos os agentes das curvas de preços futuros de energia calculadas pela empresa para o mês atual e os seis meses de suprimento futuros, também chamadas de curvas forward, que são usadas hoje no âmbito das boas práticas de marcação-ao-mercado e gestão de riscos. Assim, após implementação da nova abordagem de monitoramento prudencial no setor, os associados terão acesso contínuo aos dados, que servirão como parâmetro para a apuração do nível de alavancagem das empresas que comercializam energia no Brasil.

“Nossa colaboração com a Dcide tem o propósito maior de trazer transparência para os procedimentos que propusemos para expandir a segurança financeira e operacional do setor elétrico. Queremos garantir que qualquer interessado possa reproduzir os cálculos de risco que serão realizados pela CCEE no futuro, porque só será possível avançarmos nessa pauta com a participação direta do mercado”, explica Eduardo Rossi, conselheiro da Câmara.

Patrick Hansen, Diretor Geral da DCIDE, afirma que a empresa “tem atuado junto ao mercado desde seu início e o Pool de preços que gerenciamos tem sido um caso de imenso sucesso de como iniciativas colaborativas de mercado podem ser muito bem-vindas para robustecer o setor. Como reconhecemos que o amadurecimento do setor caminha muito próximo das boas práticas em gestão de risco ficamos felizes em contribuir com essa pequena parte de nossas informações de preços porque boas diretrizes de comercialização melhoram o ambiente como um todo tornando-o ainda mais sustentável e vigoroso.”.

A curva forward para o mês atual e para os próximos seis meses de suprimento ficará disponível para quem ingressar no novo sistema de monitoramento da CCEE, assim que for lançado. A plataforma será utilizada para calcular os níveis de alavancagem presentes no setor e possibilitar uma visão antecipada de riscos e eventuais ações de mitigação.

LINK PARA MATÉRIA